Mais desempenho para a frota em 3 indicadores básicos

indicadores de performance

Se você ouve falar de KPI e ainda fica meio confuso, tudo bem, nós te entendemos! Este é um conceito tão simples quanto importante para o bom desenvolvimento do seu negócio.

Bill Hewlett, um dos fundadores da HP, afirma que “Não é possível gerir o que não se pode medir e, se não se pode gerir, não se poderá melhorar”.E quando se pensa em gestão de frota não é diferente.

Quais são os principais fatores que devem ser considerados e acompanhados numa frota? Vamos descobrir?

 

O que é KPI?

Dando um passo atrás, a tradução mais fiel do termo KPI (em inglês Key Performance Indicator) é Indicador Chave de Performance. Basicamente, são índices numéricos que te ajudarão a entender como vai sua frota, quanto cada carro gasta de combustível, qual a frequência das lavagens e manutenções, qual o custo de cada item, bem como a produtividade dela sobre todos esses fatores.

 

Exemplo rápido

Consumo de combustível: Quando se fala em gerir uma frota, este fator vem imediatamente à cabeça, isso porque interfere diretamente nas tomadas de decisões financeiras da empresa. Logo, será um dentre a lista de indicadores que dirão se sua frota vai bem ou não.

 

3 KPIs que você deve acompanhar na gestão da sua frota

Só que o trabalho não se encerra em coletar e consolidar as informações em uma planilha, isto é só o começo. A partir daí, começamos a perceber as semelhanças e as diferenças dos custos de um veículo comparado a outro. Ou entre alguns grupos de veiculos, grupo de motoristas, etc.

Depois disso, começamos a notar a relação de diferentes variáveis que, num primeiro momento, não pareciam ter relação: um motorista que leva mais multas tem mais ou menos chances de se envolver em acidentes? Um motorista que roda mais quilômetros tem mais ou menos chance de levar multa? Por que dois motoristas que rodam, aproximadamente, a mesma quilometragem por mês, apresentam gastos de combustível completamente diferentes?

Para responder estas perguntas, é importante cruzar uma série de informações, por isso separamos 3 principais KPIs que um gestor de frota deve acompanhar para manter uma frota produtiva.

 

Manutenção

Independente do tamanho da sua frota, uma coisa é fato, em algum momento seus carros vão precisar de manutenção e, infelizmente, estes momentos não vêm com aviso prévio. Portanto, é importante acompanhar dados como média de custo por manutenção, frequência média de manutenção por veículo e motorista, entre outros. Desta maneira, fica mais fácil identificar as discrepâncias entre os gastos e tomar decisões mais assertivas para atenuá-las.

 

Multas

Primeiramente, é importante compreender que não há como gerir uma frota sem conviver com a incidência de multas. Portanto, balancear o orçamento é a melhor saída e, para isso, é importante acompanhar a média de multas por motoristas e quanto isso te custa mensalmente. Assim é possível identificar padrões de comportamento entre seus motoristas e promover treinamentos e outras soluções a fim de aplacar este problema. Hoje, inclusive, existem softwares que permitem centralizar e gerir as informações documentais da frota de maneira mais rápida e precisa, saiba mais.    

 

Combustível

Como dito anteriormente, este é um indicador indispensável para compreender o desempenho da sua frota. As principais informações que o gestor deve acompanhar, aqui, são média de quilometragem por litro, consumo médio por veículo e/ou por motorista e o preço do combustível. Evitar a flutuação dos preços e abastecer em postos confiáveis é importante. Se a sua frota é grande e exige uma atenção maior neste quesito, você pode contar, também, com empresas especializadas em controle de abastecimento.

 

Se KPIs eram uma incógnita, agora você já sabe o que são e, principalmente, como aplicá-los para fazer da sua frota mais produtiva. Mas não fique quebrando a cabeça sozinho, fale com um de nossos especialistas em mobilidade e conheça as ferramentas certas para dar este passo.
Leia também sobre Gestão de Multas e como aplicá-la na sua empresa.   

Leave a Reply