5 treinamentos que todo motorista precisa ter

treinamentos para motoristas

Uma boa gestão de frota deve começar de dentro para fora. Ou seja: de nada adianta manter uma boa logística e carros em perfeito estado de utilização se você não investe em treinamentos para motoristas. Afinal de contas, são eles quem lidam com a rotina e é fundamental que saibam como proceder diante de qualquer tipo de imprevisto que possa surgir.

Sem falar que a reciclagem do conhecimento e novos aprendizados contribuem para o desenvolvimento profissional e gera mais confiança entre você e os seus colaboradores.

Quer saber por onde começar? Siga com a leitura deste post, em que reunimos 5 tipos de treinamentos para motoristas que você deve considerar!

1. Simulação de emergências

Uma boa maneira de reduzir os riscos e incidentes no tráfego é por meio de treinamentos para motoristas de acordo com as principais situações que podem ocorrer. Assim, a simulação de emergências é fundamental para que eles aprendam como proceder diante de cenários potencialmente perigosos, reduzindo danos e preservando a vida.

Vale observar quais são os desafios mais enfrentados pelos seus motoristas na estrada e, assim, criar uma capacitação que ajude a melhorar a sua frota e a sua empresa!

2. Direção defensiva

Independentemente do tipo de carga que os seus colaboradores carregam, eles devem conhecer as melhores práticas ao volante. Isso protege os bens da empresa, mas, acima de tudo, capacita-os a saberem como contornar imprevistos com um bom tempo de resposta.

Em geral, esse é um dos principais treinamentos para motoristas porque inclui uma abordagem teórica e prática a fim de evitar os “vícios” que se transformam em hábitos ruins ao volante, como:

  • manter o pé sobre o pedal da embreagem;
  • deixar uma das mãos no câmbio, e não sobre o volante;
  • evitar o uso de setas ao realizar conversões;
  • frear os veículos no ponto morto (a popular “banguela”);
  • arrancar direto na segunda marcha.

É uma capacitação muito relevante, portanto, para agregar muito mais valor às idas e vindas de sua frota — contribuindo, até mesmo, para a redução de custos com manutenções imprevistas.

3. Certificação SASSMAQ

Esse tipo de certificação é muito recomendada para motoristas, uma vez que ela atesta aos participantes o treinamento necessário para conduzir os veículos com qualidade e segurança.

Que tal colocar a certificação como um elemento obrigatório para a sua frota? Assim, esse e outros treinamentos para motoristas vão apenas valorizar o elemento humano em sua empresa e servir para transformar você em uma referência entre os gestores de frota.

4. Gerenciamento de riscos

Aqui, nossa lista de treinamentos para motoristas se estende também ao fator externo de sua atividade principal. Assim, sua equipe é capacitada a compreender todos os riscos que envolvem uma operação de transporte, e não apenas o transporte em si.

Pense no quanto isso pode agregar à qualidade do seu serviço prestado, quando você está capacitando motoristas e, ao mesmo tempo, especialistas em segurança do trabalho.

5. Planejamento de rotas

Por fim, achamos válido que você inclua, nos treinamentos para motoristas, um curso de planejamento de rotas. Isso ajuda a criar, em sua equipe, um senso crítico maior, o que se desenvolve na tomada de decisão mais correta antes mesmo de saírem às ruas.

Agora, queremos ouvir um pouquinho de você: já aplicou em sua empresa alguns dos treinamentos para motoristas aqui citados? Compartilhe conosco, no campo de comentários, como foi a experiência!

Leave a Reply