Lavagem ecológica de carros: como ela evita problemas com a legislação e melhora a imagem da sua empresa

lavagem-ecologica-de-carros

Você já pensou em quanta água a sua empresa utiliza para lavar a frota e como isso é prejudicial para o meio ambiente? E em como o descarte incorreto dessa água pode causar impactos negativos para a população em geral e comprometer a imagem do seu negócio com os clientes? De fato, isso pode trazer prejuízos financeiros e penalizações.

Mas, calma! Neste artigo detalharemos todos os riscos da lavagem convencional e como a lavagem ecológica de carros é uma opção viável para a limpeza da sua frota. Além disso, mostraremos se é melhor contar com esse serviço internamente na sua empresa ou terceirizar a função.

Quer conhecer uma solução mais escalável para a lavagem da frota? Então siga com a leitura!

Quais são os riscos ao meio ambiente que a lavagem convencional oferece?

Embora muito utilizada nas frotas de empresas, a lavagem convencional de automóveis representa um potencial risco ao meio ambiente e à saúde da população. Isso porque ela é responsável pelo consumo de milhares de litros de água para a lavagem da frota — cerca de 300 litros para cada veículo leve e até 1.000 litros para frota pesada — e, quando descartada, carrega consigo óleos e graxas para os esgotos públicos.

Em síntese, esses resíduos podem atingir o solo e contaminar a água de rios, mares, lagos e lençóis freáticos que são utilizados para o abastecimento das cidades. Para você ter uma ideia, o óleo automotivo pode paralisar o trabalho de estações de tratamento de água por tempo indeterminado. Isso porque apenas um litro desse resíduo chega a contaminar até um milhão de litros de água.

Água contaminada com óleos lubrificantes

Água contaminada com óleos lubrificantes

Além de todo esse transtorno para o meio ambiente e para as pessoas, o descarte incorreto da água contaminada na rede de esgoto comum ou nos solos pode acarretar punições legais para a empresa — veja mais, no próximo tópico.

Quais são as penas pelos danos ambientais?

Muitos órgãos defendem que a lavagem convencional de veículos seja regulamentada em todo o mundo e tenha que seguir uma exigência de licença ambiental. Sem dúvidas, a limpeza com água e sabão tem um potencial poluidor tão grave que a reivindicação não é exagerada.

No Brasil, o reuso de água é obrigatório para os postos de lavagem de veículos do Distrito Federal, de acordo com a lei 3.812/06. Além disso, a água que já foi usada na lavagem precisa passar por um sistema de filtros que a separa do óleo. Assim, ela pode ser reutilizada para outras lavagens, enquanto o óleo é descartado da forma correta.

Claro que essa legislação local não é capaz de modificar o comportamento em todo o país. Contudo, a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) classifica o óleo lubrificante como resíduo perigoso (NBR-10004). E o seu descarte é regulado pela legislação brasileira que prevê as seguintes penas, quando o meio ambiente é afetado:

  • esfera penal: prevê punição mesmo que não exista o dolo;
  • esfera administrativa: estabelece uma multa que varia entre 5 mil e 50 milhões de reais;
  • esfera civil: exige a reparação do dano, mesmo que tenha sido causado sem culpa.

Portanto, a lavagem convencional oferece riscos para o meio ambiente e para a empresa. Uma alternativa vantajosa pode ser a substituição pela lavagem ecológica de carros a seco, que falaremos a seguir.

Por que a lavagem ecológica de carros é mais indicada para a sua frota?

Com todos os problemas da lavagem convencional que apresentamos até aqui, fica claro que ela não é a melhor opção para a sua empresa. Por outro lado, a lavagem a seco utiliza apenas 300ml de água (o equivalente a um copo) e não oferece o risco de contaminação do solo e esgotos.

Para realizar a limpeza, é aplicado um shampoo automotivo a base de cera de carnaúba que amolece e quebra as partículas de sujeira na lataria seca — sem perigo de riscar ou arranhar a pintura. E, assim, o carro fica pronto para o uso com maior praticidade e economia de tempo — que também reflete em economia de dinheiro, claro.

Cabe ressaltarmos que as pessoas costumam ter uma visão mais positiva de empresas que adotam políticas responsáveis com o meio ambiente. Isso traz uma melhor imagem da sua marca e ajuda a fidelizar os clientes.

Por que terceirizar esse serviço na empresa?

Para uma grande frota, realizar o serviço de lavagem ecológica de carros por profissionais próprios exige atenção para alguns pontos, como:

  • contratação de colaboradores: recrutamento e seleção de profissionais para realizar a tarefa;
  • perda de tempo de serviço: se a opção é por aproveitar os profissionais atuais da empresa para a lavagem a seco, eles terão que ser deslocados de sua função original para realizar o serviço;
  • compra de equipamentos para limpeza: além do shampoo a base de cera de carnaúba, você precisará de um estoque com panos, flanelas e demais acessórios.

Além de tudo isso, a sua empresa ficará dependente desses profissionais e ainda terá que se preocupar com desligamentos (offboarding). Nesse sentindo, a terceirização do serviço pode ser uma ótima opção para a sua frota. No próximo tópico, daremos algumas dicas para você escolher um prestador de serviços.

Como escolher o melhor fornecedor de serviços de lavagem a seco?

Se você chegou até aqui, é porque já ficou claro para você que a terceirização da lavagem ecológica de carros na sua empresa é uma forma escalável de manter a frota sempre limpa e evitar possíveis contratempos legais. Assim, vamos apresentar alguns pontos que podem pesar na escolha do prestador desse serviço:

  • procure uma empresa especializada em lavagem a seco e outros serviços automotivos;
  • verifique se a lavagem pode ser realizada na sua empresa — isso ajuda a reduzir custos de deslocamento e evita que funcionários interrompam suas tarefas para levar os veículos até os pontos de lavagem;
  • dê preferência para Marketplaces de serviços — eles conectam profissionais automotivos a frotas que precisam da lavagem, oferecendo maior disponibilidade de atendimento e sem criar vínculos empregatícios para a sua empresa.

Como vimos, a lavagem convencional é um processo prejudicial ao meio ambiente que deve ser abolido das empresas. Portanto, o próximo passo para evoluir a gestão de frotas é fazer a substituição pela lavagem ecológica de carros — que melhora a imagem da sua marca com os clientes.

Quer terceirizar esse serviço na sua empresa? Então entre em contato e solicite uma consultoria grátis agora mesmo!

Fale Com Um Consultor

Leave a Reply