Veja por que não adiar a calibragem dos pneus da sua frota

calibragem

Uma pesquisa feita pela britânica AA Tyres sugere que um em cada quatro motoristas podem estar colocando ele mesmo e outras pessoas em risco de vida devido ao estado dos pneus do seu carro, que não estariam cheios na pressão correta.

O estudo constatou que 8,1 milhões de motoristas no Reino Unido não checaram a pressão dos seus pneus nos últimos dois meses. Desta maneira, uma boa parte deles está rodando com pneus que dificultam dirigir e, por consequência, aumentam o uso da gasolina.

Desse grupo, quase dois milhões de motoristas (7%) não verificaram a pressão dos seus pneus nos últimos seis meses ou mais. Com isso, eles estão criando riscos para si mesmos e para os demais condutores nas vias.

A AA-Populus pesquisou, entre mais de 20 mil pessoas, qual foi a última vez que elas checaram algumas partes especificas dos seus carros. O estudo constatou que a maior parte dos motoristas havia verificado primeiro os limpa-vidros (56%), para-brisas (50%), as condições da carroceria (47%) e luzes (43%) para então ver a pressão dos pneus (40%) e rolamentos (36%).

Em 2015, em torno de um terço (32,6%) dos acidentes no Reino Unido, que incluíam problemas mecânicos,  foram influenciados por irregularidades nos pneus, por estarem murchos ou defeituosos, resultaram em 112 acidentes sérios e 14 fatalidades.

Mark Shankland, diretor da AA Tyres, afirma que: “ Não é necessário um alto uso dos pneus para que eles mudem de seguros para perigosos, mesmo os novos e de marca. Checar a pressão dos pneus é parte essencial da manutenção do carro, então é surpreendente que quase um terço dos motoristas do Reino Unido não tenha feito a calibragem recentemente.”

“Infelizmente, os dados dos acidentes só mostram como é importante ter os pneus com a pressão correta e como deixar de fazê-la pode resultar em uma tragédia.”

Em média, mesmo que os pneus estejam bem colocados e sem danos, eles podem perder até duas PSI (unidade de medida mais utilizada para calibragem) por mês. Tomando como base um veículo leve, com pressão de calibragem de 30 PSI, isso corresponde a uma redução de 6,7% a cada mês.

“Deixar de fazer essas verificações, mesmo que a cada 15 dias, pode resultar em maiores gastos com gasolina, desconforto ao dirigir e, mais importante, em risco para a sua segurança. ”

“É importante checar os pneus sempre pelo menos a cada 15 dias. Mas para isso, faça a calibragem com os pneus ‘frios’ e não tendo utilizado o carro por pelo menos 2 horas. A pressão dentro dos pneus aumenta naturalmente quando eles esquentam, então fazer a calibragem enquanto eles estão aquecidos pode gerar uma pressão incorreta.

” Também use está oportunidade para checar o desgaste dos pneus, cortes ou bolhas na parte lateral, que podem ser sinais que o pneu está com danos internos. ”

Autor do texto original: Gareth Roberts

Publicado originalmente em: Fleetnews.com

Leave a Reply